White Noise com Reverb.

Mais uma alternativa a partir do plugin nativo com algumas modificações.
Dica: Usar “Audio Effect Rack” e mapear o macro.
Boas produções!

Anúncios

Serato x Traktor e os estilos musicais.

O infográfico abaixo mostra os estilos musicais mais tocados pelos usuários de SERATO e Traktor.
Tire suas próprias conclusões e decida o seu próprio futuro.
Segue o baile DJ!
15675633_10154694826671955_1802227482946556124_o

Neste segundo infográfico, são registrados os estilos mais tocados no ano de 2015 e 2016 até o presente momento.
20152016

Acesse o link com informações completas sobre outras estatísticas em http://djtechtools.com/2016/12/21/2-3-songs-djs-often-mixed-together-2016/

Fonte: DJ Tech Tools e Kado.

Antes de finalizar sua música eletrônica; Dicas.

brigitte-lahaie-corte

Algumas dicas que compilei durante anos de pesquisa e que com certeza são bem valiosas:

– Passe sua música para um CD, grave-a como arquivo de áudio (.wav) e escute em diversas fontes (Aparelho de carro, em casa, aparelhos de amigos). Faça o mesmo com um pendrive, transforme sua música em um arquivo .mp3 e veja como ele se comporta nos diversos aparelhos de som.

– O carro costuma ser um ótimo ambiente por ser um local irregular .Isso dissipa bastante a resposta sonora devido a localização dos bancos e teto irregular. Escute com as portas abertas e depois fechadas. Deixe o equalizador FLAT.

– Tente testar sua música em casas noturnas, se você conhece um amigo DJ, peça para ele tocá-la antes de começas a ‘balada’.

– Ouça sua música em um fone de ouvido de boa qualidade e depois ouça em um fone com menos qualidade, você vai perceber detalhes importantes nesta duas fontes sonoras.

– Peças para seus amigos darem opiniões. Anote as dicas e as críticas. Cada um vai ter um ponto de vista da sua produção.

– Um HOME-STUDIO com tratamento acústico e monitores de boa qualidade seria o ideal. Se não for o seu caso, tente levar sua produção em um estúdio de rádio ou de conhecidos.

Foto: Brigitte Lahaie em “Le disque de culte”.

Boas produções!
Diogo Fukumoto.
www.twitter.com/diogofukumoto